Desde 1953 • Cafés SuperEspeciais
o que é barista

O que é barista? Saiba aqui!

O café é um convite à experiência e existe um profissional que ajuda nesse processo. Já pensou sobre o que é barista? Resumidamente, é um especialista em técnicas de bebida e um entusiasta responsável por preparar receitas, além de ser um apaixonado pelo café especial.

Entre as características do barista profissional, a dedicação é fundamental, mas o foco não é apenas o resultado da bebida. As etapas da cadeia produtiva são essenciais para quem pretende proporcionar essas experiências. Por isso, para saber o que é barista, não basta a vida dentro da cafeteria.

Assim, os caminhos dos cafezais são fontes primárias de conhecimento, até porque entender cada etapa do grão é importante para o resultado da bebida. Dessa forma, é indispensável saber sobre torra, moagem e processos de extração do café.

As habilidades do barista de café

O barista de café também tem outras habilidades que vão além dos grãos, como o manuseio da máquina de expresso e a promoção de degustações. Ele contribui diretamente para a democratização do café especial e identifica preparos variados.

Uma comparação interessante é com o sommelier de vinhos, em coerência com o movimento de vinificação do café, já que os conceitos básicos em torno do cultivo dos grãos especiais têm fundamentação no universo do vinho.

Como o sommelier do vinho, o barista consegue identificar as variedades de cada grão: Catuaí, Bourbon amarelo, Geisha, por exemplo. O barista é muito importante em toda a cadeia cafeeira, tanto que o Dia Nacional do Café (24 de maio) também comemora o Dia do Barista.

O cuidador do café especial

O mundo gastronômico é dedicado à alta qualidade, por isso o café especial tem um espaço único nele e o barista ajuda o café a cumprir esse papel de destaque. Ele também é expert na criação da bebida e sabe preparar um drinque de cold brew como ninguém.

Outra peculiaridade sobre o profissional é conseguir distinguir o processo de cada consumidor. O preparo individualizado de cada receita, conforme o paladar de cada cliente, torna a experiência única.

No mercado, existem cafeteiras baristas que cumprem a função de preparo. Contudo, essas máquinas nunca serão capazes de cumprir o papel individualizado de cada receita ou incorporar paixão em cada detalhe. Esse, aliás, é o principal convite desses profissionais para o cafezinho.

Os objetivos do barista

Como dissemos, o barista dedicado ao café conhece todos os detalhes do grão, desde a produção até a extração, além de ser expert na criação de receitas considerando qualidade, sabor e apresentação da bebida.

Quem deseja seguir essa profissão deve ter, acima de tudo, muita vontade de aprender, assim como gostar de oferecer o melhor sabor da bebida. Sabendo disso, conversei com Renato Ariel, barista, Q-Grader e proprietário do Teresa Café.

Ele já começou o papo falando que o principal segredo da profissão é paixão e que, para ele, a arte de um bom barista é o brilho nos olhos: “acima de tudo, a condução de cada etapa com muito amor”.

A dedicação é outro ponto de destaque, segundo Renato. Porém, quando perguntei sobre os principais potenciais, ele respondeu sem rodeios. “A facilidade para provar Cafés e saber apresentá-los de forma que realce seu potencial.”

Como se tornar um barista?

o que é barista

O curso de barista é muito importante, até porque a teoria sobre o que é barista conduz à boa prática. Contudo, nada é mais importante que a vivência nas lavouras e, é claro, a caminhada por toda a cadeia produtiva do café, desde os cafezais até a finalização nas xícaras.

Natural de Santo Antônio do Amparo, Renato iniciou o trabalho com café há anos. Segundo ele, o início da função foi como auxiliar de classificação. No mundo do café especial, esse profissional é responsável por separar os grãos por tamanho e perfil.

Contudo, ele explica que já passou por muitas lavouras na jornada profissional. “Passei por fazendas, torrefações, cafeterias. Além disso, atuei como juiz de concursos de qualidade de cafés especiais e participei de campeonatos de prova de café”, explica

Onde fazer um curso de barista

Sabendo o que é barista, gostou e se identificou com a profissão? A Associação Brasileira de Cafés (BSCA) é muito séria e frequentemente oferece cursos que vão do introdutório ao avançado. Veja aqui.

O kit barista para iniciantes deve conter alguns itens: moedor elétrico ou manual, cafeteira, balança, cremeira, leiteira, xícaras e copos, e polvilhador. Esses são os materiais primários para quem decide se iniciar nesse universo.

O significado de barista técnico está ligado à qualidade da bebida. Entretanto, sem a paixão com os grãos, nada disso faz sentido. Renato deixa isso muito claro na conversa, que mais parece poesia.

Outro termo muito buscado nesse universo é sobre as principais diferenças entre o barista americano e o brasileiro. Obviamente, eu vou valorizar o profissional brasileiro, já que a BSCA tem apresentado grandes profissionais. Aliás, os baristas com selo verde e amarelo não perdem em técnica (e paixão) para os estrangeiros.

Da lavoura à xícara

“Café especial vai além de uma simples xícara de café, ela contém histórias, vivências, suor, dedicação e o mais importante toda dedicação do produtor e seus colaboradores”, diz Renato.

Sabe qual é a receita predileta do nosso entrevistado? É claro que não deixei de perguntar, né? Ele afirmou que o jeito que ama tomar café é o tradicional, ou seja, coado. Existem cafeterias baristas, mas nunca uma máquina o substituirá.

A cada dia que entro no mundo do café, tenho mais certeza que “quem não gosta de café bom sujeito não é…”. Tenho certeza que Dorival Caymmi não vai remexer no túmulo com a analogia.

Isso porque, assim como o samba, o café é uma paixão nacional a ser celebrada. Vida longa aos cuidadores do café especial brasileiro e aos baristas da nossa nação.