Desde 1953 • Cafés SuperEspeciais
tipos de grãos de café

Conheça mais sobre 5 dos principais tipos de grãos de café

Todo bom #cafequizado sabe toda a diferença que os tipos de grãos de café escolhidos fazem na hora da degustação. Cada grão tem peculiaridades próprias, ou seja: a acidez, a doçura e o aroma da sua bebida são medidas a partir dele.

Por isso, é sempre importante estar de olho em quais os tipos de grãos de café adquiridos, assim sua experiência fica cada vez melhor. Quem não gosta de chegar no fim de tarde, assar aquele “pãozinho” de queijo e se deliciar com o sabor da sua bebida favorita, não é?

Principais tipos de grãos de café comercializados no Brasil

tipos de grãos de café

Antes de entender mais sobre os principais tipos de grãos de café consumidos no nosso dia a dia, é impossível não ficar com a seguinte pergunta na cabeça: afinal, quantos tipos de grãos de café existem? Em média, há mais de 60 tipos ao redor do mundo, mas apenas alguns estão mais presentes em nossas terras.

Café Arábica

A variedade Arábica é usada nos cafés especiais da Coffee ++. Ela foi descoberta nas montanhas da Etiópia, na África, a partir de plantações em grandes altitudes. Aliás, quanto mais alto for o cultivo do café especial, melhor fica o grão, provavelmente, melhor será a qualidade da bebida. Esse é aquele café complexo e cheio de atribuições sensoriais.

O grão de café arábica, que é cultivado acima de 800 metros de altitude, tem mais possibilidades de experiências sensoriais, bem como 50% a menos de cafeína em relação ao café tradicional. Em contrapartida, o teor de doçura é maior, assim como a complexidade de sabores. Mundo Novo, Catuaí Vermelho e Amarelo são algumas variedades que surgiram a partir do café arábica.

Café Robusta

Já o Robusta é bem diferente do Arábica, tendo o dobro de cafeína. Esse grão de café é mais amargo e apresenta poucas experiências sensoriais. Normalmente, ele é utilizado pela grande indústria na mistura do café que vai para o supermercado. É idea para quem gosta de sabor mais amargo, textura suave e baixa acidez.

Cultivado até 600 metros de altitude, bem mais baixo que o Arábica, o Robusta se adapta melhor a climas mais quentes e úmidos. Ele é de fácil plantio, o que justifica sua popularidade e preço mais baixo.

Café Bourbon

Derivado do Arábica, o café Bourbon surgiu na ilha de mesmo nome, localizada no leste de Madagascar. Desde 1859, ele é cultivado no Brasil, principalmente na região do Cerrado Mineiro, em Minas Gerais. A Coffee ++ possui um café exclusivo dessa região, com notas sensoriais de doce de marmelo e frutas amarelas.

O cultivo do Bourbon é um pouco mais complicado, principalmente porque a plantação acontece a mais de 800 metros. Ele se divide entre Amarelo e Vermelho, sendo os dois intensos no aroma, porém um mais doce que o outro. Por isso, atente-se a esses detalhes antes de adquirir o seu café.

Café Catuaí

O Catuaí é o melhor café em grão para muitos produtores brasileiros, o típico “cafezinho”100% nacional, presente em muitas das lavouras do país. Cultivado em grandes altitudes, ele tem um plantio simples, acidez moderada e doçura natural, que dispensa a adição de açúcar ou adoçante.

Segundo especialistas, essa variedade surgiu do cruzamento entre o Mundo Novo e o Caturra, e também pode ser encontrada em Vermelho e Amarelo. O primeiro, mais encorpado, é mais intenso; já o segundo traz mais suavidade ao paladar. Aliás, o nome é uma bela homenagem aos indígenas tupi-guarani, com “Catuaí” significando “muito bom”.

Café Geisha

Um dos queridinhos da Coffee ++, o café Geisha foi descoberto na Etiópia, em 1931. Chamado de “Geishinha” para os íntimos, ele se popularizou somente em 2004, quando foi testado no interior do Paraná, e hoje passa por um processo de colheita bastante especial e cuidadoso.

Ele virou o café oficial da família imperial japonesa, e não é para menos, viu? A colheita é feita manualmente por mulheres caprichosas, apenas em frutos maduros. Isso exige muita paciência, mas o resultado é cheio de sabor, notas sensoriais de flores de jasmim e carambola madura, e equilibrada acidez de limão-taiti.

Cafés especiais feitos por pessoas especiais

Esses são apenas alguns dos principais tipos de grãos de café. Porém, é claro que existem muitos outros espalhados pelo mundo. Aqui prezamos pela produção de cafés especiais feitos por pessoas especiais, prontinhos para serem servidos no seu coffee break.

Café é aconchego, amor e celebração. Por isso, é hora de colocar sua cafeteira para grãos de café para trabalhar! Nós, da Coffee ++, disponibilizamos seus grãos preferidos em versões mais que especiais. Fica bom demais experimentá-los e passar uma tarde prazerosa ao lado de quem você mais ama, não é?