Desde 1953 • Cafés SuperEspeciais
quanto de cafeína tem no café

Saiba quanto de cafeína tem no café

Você é um #cafequizado que tem a bebida como sua principal fonte de energia pela manhã, mas não sabe quanto de cafeína tem no café? É hora de sanar essa dúvida! Mas vamos por partes, pois é preciso pontuar alguns detalhes antes de começar a responder essa pergunta.

Hoje em dia, o café é considerado uma das substâncias psicoativas mais consumidas do mundo. Por isso, é essencial medir quanto de cafeína tem no café que você está ingerindo diariamente. Segundo a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), o consumo da bebida gira em torno de 150.00 toneladas por ano! Bastante coisa, não é?

O que é cafeína?

Ao termos o café como parte da nossa rotina, às vezes acabamos deixando de lado o real significado de alguns componentes dele. Por exemplo, você sabe o que é cafeína? Ela nada mais é do que uma substância química que pertence ao grupo das xantinas e estimula o sistema nervoso central.

Talvez isso não seja uma novidade, certo? Mas o que muitos não sabem é que a cafeína também está presente na folha e nas sementes de diversas plantas. Ela faz parte do sistema protetor desses seres vivos, atuando como pesticida e protegendo-as de seus possíveis predadores.

Arábica X robusta

Entre os dois tipos de cafés mais consumidos (arábica e robusta), a quantidade de cafeína já se diferencia. A variedade Arábica, por exemplo, que está presente nos produtos da Coffee ++, tem 1,2% de cafeína na sua composição, o que é quase metade da Robusta, que contém 2,2%.

Além disso, o grão perde um pouco da quantidade de cafeína a partir do momento em que passa pela torra. Mas todo bom #cafequizado sabe que a torra influencia nas notas sensoriais. Por isso, é válido se atentar a esses detalhes.

A influência do modo de preparo

quanto de cafeína tem no café

A quantidade de cafeína presente em cada bebida depende do modo de preparo. Por exemplo, já se perguntou quanto de cafeína tem no café expresso? Uma xícara de 30 ml contém, em média, 80 e 100 mg de cafeína. Ele é comum tanto em cafeterias quanto no conforto do nosso lar, e é preparado a partir da passagem de água quente (não fervente) pelo café moído.

O café feito na prensa francesa, em contrapartida, tem uma quantidade maior de café (200 ml) e possui 107 mg de cafeína. Nela, a bebida é feita por infusão. O filtro é colocado sobre a água misturada com o café e depois empurrado para baixo de forma lenta. Conforme ele vai abaixando, o resultado é obtido.

Já o café filtrado possui em torno de 115 e 175 mg de cafeína para cada 200 ml. Bem mais porcentagem de cafeína no café do que os dois anteriores, não é? O café italiano, também conhecido como café turco, tende a ter de 80 a 135 mg a cada 200 ml. Esse é o tipo que tem mais concentração de cafeína.

No cold brew, que é aquele café geladinho para tomar nos dias quentes de verão, você o deixa de molho por bastante tempo antes de consumi-lo. Aí vem a pergunta: quanto de cafeína tem um copo de café desses? Esse procedimento faz com que ele chegue a ter 30% a menos de cafeína do que o café filtrado.

Quanto de cafeína tem em outras bebidas?

Saindo um pouco dos tipos mais tradicionais de café, que tal mergulhar em quanto de cafeína tem em bebidas que também contêm cafeína, mas não são café? A Coca-Cola, por exemplo, tem 34 mg em cada latinha de 335 ml. Já a versão com zero açúcar tem 69 mg para a mesma quantidade de bebida.

O chá-verde e o chá-preto possuem de 22 a 74 mg para cada 180 ml. O Red Bull já concentra uma maior quantidade em um maior espaço: 80 mg para 250 ml. A cafeína varia bastante para cada bebida e formato, por isso, é bom sempre dar aquela conferida na parte traseira da embalagem e checar as informações.

Quanto de cafeína tem no café da Coffee ++?

Mas afinal, quanto de cafeína tem no café da Coffee ++? Nós trabalhamos com cafés 100% arábica, ou seja, com menos cafeína e mais sabor e doçura. Eles não possuem açúcar nem qualquer aditivo na composição. O adocicado vem de natureza, sendo potencializado pelo trabalho do produtor e pelo processo de torra, que se preocupa em preservar os principais atributos saudáveis do grão.

E você, já conhece os nossos produtos? Aqui, você encontra diferentes versões do nosso “cafézinho” de todos os dias: o café Clássico, o Chapada de Minas, o Mantiqueira de Minas, o Cerrado Mineiro e o Geisha. Todos eles estão disponíveis em grãos, moído (exceto o Geisha), cápsula ou drip coffee. Eles são avaliados em mais de 84 pontos na SCA (Avaliação de Cafés Especiais), o que garante notas sensoriais e experiências marcantes.