Desde 1953 • Cafés SuperEspeciais
café cubano

Já ouviu falar do café cubano? Entenda mais sobre esta bebida!

A popularidade do café pelo mundo mostra o quão democrática a bebida é para diferentes povos. Desse modo, pensar na primeira refeição do dia ao redor do globo é garantia de boas dicas gastronômicas. Um exemplo disso é o café cubano.

Em Cuba, o dia começa com um café expresso muito intenso. Aliás, uma das principais diferenças do modo de apreciar a bebida está na infusão. Ao contrário do que ocorre com o método do cafè espresso italiano, no cubano, o açúcar é adicionado antes do preparo.

Outro hábito famoso no país é o café com leite, que tem muitos adeptos entre os brasileiros. Lá, a bebida chega como companhia de um prato bem tradicional: o pão cubano com manteiga tostada. Lembrou-se do nosso pão da chapa com pingado? A pegada é bem essa.

A maneira como eles apreciam a bebida lembra muito outro hábito dos brasileiros, em especial de algumas regiões de Minas Gerais: em Cuba, o pão (ou outro carboidrato) é molhado no café com leite. Então, caso você tenha intenção de conhecer o país, pense em iniciar pelos trajetos tradicionais da cultura local.

A produção de rum em Cuba

café cubano

Apesar desses modos de consumo de café terem muita relevância mundo afora, o que faz maior sucesso por lá é o drink de café, que tem todo o gingado cubano. Na base de preparo da bebida, há obrigatoriamente o uso do rum.

A matéria-prima da bebida é a cana-de-açúcar. Portanto, o melaço é uma das marcas doces. Essa iguaria é conhecida como companhia de navegadores — lembrou-se de Jack Sparrow com uma garrafa de rum em mãos?

Em Piratas do Caribe e vários contos históricos, a bebida se tornou um anestésico natural, ajudando a aliviar dores de lutas que ocorreriam entre os desbravadores dos mares. Além disso, ela estava sempre presente em festas.

Quem sabe não chegou a hora de preparar um drinque com rum e viajar nas histórias de piratas? Inclusive, essa combinação é maravilhosa para drinks de café gelado, né?

A receita de rum e café

A história do país e o consumo do rum confundem-se, até porque o plantio de cana-de-açúcar em Cuba é datado em 1500, de acordo com historiadores. O dia certo do início da produção da bebida é desconhecido, mas ela se tornou uma espécie de cachaça e, assim, um símbolo da ilha.

Você consegue pensar no resultado da mistura de café com rum? A receita agradou, e o resultado foi o batizado café cubano. A mistura que conta com doses de bebida alcoólica ganhou as cartas de muitos restaurantes pelo mundo.

Este é um dos drinks com café que podem ser feitos em casa, com muita facilidade. Na maioria dos casos, você precisará de um café de qualidade, uma coqueteleira e criatividade para a montagem.

Para ajudar você no preparo dessa bebida gelada de café, sugerimos unir rum, limão-siciliano e creme de leite. Que tal criar essa receita que tem tudo a ver com o verão e pode ser ideal para o happy hour?

Aprenda como fazer um café cubano

  • 1 dose de rum cubano;
  • 50 ml de suco de limão-siciliano ou caldo de mexerica;
  • 1 colher de creme de leite fresco;
  • 1 folha de hortelã;
  • 60 ml de café expresso (você pode utilizar o café especial em cápsulas devido à praticidade);
  • Gelo (quanto preferir).

O preparo da receita do café cubano é muito simples, tanto que você precisará apenas de uma coqueteleira para misturar os ingredientes. Quem sabe não é a hora de você criar uma versão mais saborosa para a sua bebida especial?

A doçura do café especial

Na Coffee ++, você encontra café acima de 84 pontos em versões em cápsulas, com a praticidade de um expresso diário. Para prepará-lo, basta uma máquina Nespresso. Em poucos minutos, a sua bebida estará pronta — tudo muito simples e rápido.

O café especial é naturalmente adoçado, além de possuir características sensoriais diferentes, seguindo regras internacionais de avaliações, como notas, aromas, corpo e finalização, por exemplo.

Para preparar o seu café cubano, recomendamos utilizar o café do Ricardo Tavares, que tem um sabor muito marcante. Além disso, a intensidade é alta e preenche toda a boca — mérito do produtor que ganhou o título de Melhor Café do Mundo, em 2018.

A produção da variedade Catuaí Amarelo ocorre na Fazenda Primavera e tem processo criterioso de pós-colheita. Este café apresenta notas sensoriais de frutas secas e baunilha, bem como intensidade alta e doçura natural, o que entrega equilíbrio na xícara.