Desde 1953 • Cafés SuperEspeciais
cafés diferentes

Conheça os principais cafés diferentes do mundo!

O mundo do café rende histórias, casos e projetos que valem uma verdadeira enciclopédia. A bebida milenar é uma das mais populares do mundo, só perde para a água na disputa. Por isso mesmo, na cultura cafeeira, não faltam cafés diferentes e curiosos. Conheça a seguir alguns exemplos.

Muitas vezes, os sabores dessas inovações não agradam tanto aos paladares. Contudo, as lendas que circundam esses cafés os tornam dignos de um capítulo de um livro, já que eles ajudaram na construção da trajetória do café pelo mundo.

Um dos cafés mais caros do mundo!

Para começar, vamos embarcar até a Indonésia, mais precisamente nas paradisíacas ilhas de Sumatra, Java, Bali e Sulawesi. A região repleta de montanhas entrega um dos cafés mais saborosos (e caros) do mundo. Conhecido como kopo luwak, o Kopi Luwak tem um processo de fermentação bem curioso.

A fermentação desse café acontece no sistema digestivo da de um animal típico da região. Tanto que a bebida é popularmente identificada como café civeta, já que os grãos são retirados das fezes deste animal.

O café das fezes da civeta

Esse mamífero é como um gambá silvestre e faz uma coleta seletiva dos grãos. Isso porque, ao comer os frutos do café, ele só escolhe aqueles completamente maduros. A civeta come, os grãos passam pelo sistema digestivo, ela evacua e, desse modo, o Kopi Luwak surge.

Ficou um pouco enojado? Para amenizar a sensação, é bom que você saiba que as sementes ficam intactas no sistema digestivo do animal. Então, após a coleta das fezes, surge um dos cafés diferentes e mais caros do mundo a partir das enzimas presentes no estômago do animal.

O formato brasileiro e o jacu

No Brasil, o café jacu não é diferente e também é retirado das fezes de um animal. Contudo, em solo brasileiro, o animal responsável pela coleta seletiva é um pássaro nativo da região do Espírito Santo.

A inspiração no café mais caro do mundo mostrou um caminho alternativo para o jacu, que aterrorizava produtores da região tempos atrás. O jacu, assim como a civeta, defeca os grãos intactos. Assim, o pássaro se tornou um verdadeiro herói em toda a região.

Não curtiu a ideia de tomar café vindo diretamente do estômago de animais? Que tal experimentar a variedade Geisha, que ganhou fama depois de ser plantada no Panamá e também foi escolhida uma das mais caras do mundo? Saiba mais aqui.

cafés diferentes

No mundo (estranho) do TikTok

Entre as opções de cafés diferentes, existe uma moda que invadiu o TikTok. Ela conduz o preparo de café, mas não vimos nenhum sentido nisso por aqui. De qualquer forma, queremos saber sua opinião no paladar.

A receitinha da moda indica usar a flor de sal e, até mesmo o sal puro, na bebida com a ideia de amenizar o amargor e equilibrar o sabor. Contudo, a prática não é indicada para o café especial, já que ele é equilibrado, com aspectos, notas sensoriais e pontuações que seguem regras internacionais de avaliação.

Por isso, para apreciar café com sabores diferentes, a dica é experimentar um dos cafés da Coffee ++, sem açúcar, adoçante ou qualquer outro aditivo. Essa é a forma de você preencher todo o seu paladar com aspectos sensoriais, bem como viver experiências de cafés diferentes e cultivados nas principais regiões cafeeiras do Brasil.

Chapada de Minas

Os grãos cultivados na Fazenda Primavera têm notas de frutas secas e baunilha, intensidade moderada, baixa acidez e muito sabor. A produção é realizada por Ricardo Tavares, que ganhou o título de melhor café do mundo pelo principal concurso de avaliação para produtores: o Cup of Excellence.

Cerrado Mineiro

Gabriel Nunes foi campeão brasileiro de qualidade no Cup of Excellence, em 2017. A produção profissionalizada no Cerrado Mineiro entrega notas achocolatadas ao café, bem como equilíbrio, leveza e muita delicadeza.

Mantiqueira de Minas

Esse café é produzido pelo Luiz Paulo Pereira, conhecido como o embaixador do café especial no mundo. Ele e a família detêm o título de café mais pontuado do mundo que, na Coffee ++, oferece uma bebida muito leve, com aspectos sensoriais de frutas roxas e muita doçura.

Todos os cafés são acima de 84 pontos, de acordo com as regras da Specialty Coffee Association (SCA). Os cafés podem ser encontrados nas versões drip coffee, moído, grãos e café em cápsulas compatíveis com a Nespresso.