Desde 1953 • Cafés SuperEspeciais
café é ácido

Café é ácido? Conheça as verdades e os mitos por trás disso

No mundo do café especial, os aspectos sensoriais têm diferenças marcantes. Nesse sentido, é possível encontrar diversas notas e doçura natural nas bebidas, mas será que o café é ácido? Antes de mais nada, no caso dos cafés especiais, é preciso dizer que a acidez equilibrada é obrigatória.

Esse equilíbrio é definido a partir do pH, que determina o nível de acidez do café. Nos grãos especiais, ele varia e marca o diferencial de cada bebida. Para ilustrar com exemplos, basta se lembrar dos sucos de laranja e limão, que mostram diferenças de intensidade.

A acidez do suco de laranja e do café

Inclusive, o suco de laranja é muito mais ácido que o café. Apesar disso, o café é tido como vilão e muitas pessoas ligam café e acidez estomacal. Entretanto, não é possível generalizar, já que existem particulares que dependem da avaliação de um médico especialista.

Em alguns casos, há a necessidade de entender qual é o pH do café. Essa determinação vem de uma escala, que vai de 0 a 14: os cafés entre 0 e 7 são classificados como ácidos, já as bebidas entre 7 e 14 são nomeadas como básicas.

Sendo assim, quanto mais alta for a classificação, mais ácido será o café. Para exemplificar, a média do pH do café gira em torno de 4,85 e 5,10. Porém, existe uma série de motivações que podem interferir nessa oscilação.

Variação no pH do café

A variação no pH do café pode ocorrer de acordo com a torra e os processos dos grãos. No universo do café especial, essa acidez pode ser nomeada como picante, azedo, ácido e frutado.

Apesar da existência desses termos, é complexo definir se o café é ácido ou não. A torra média proporciona mais equilíbrio à bebida, já a mais clara entrega um café mais ácido, enquanto a escura não apresenta essa particularidade sensorial.

Os pontos da acidez de um café

Outro ponto que determina quanto o café é ácido está ligado à moagem. Isso porque, de acordo com os dados do Centro Nacional de Biotecnologia dos Estados Unidos (NCBI), a espessura dos grãos também interfere nisso: quanto mais grossa é a moagem dos grãos, menos ácida é a bebida na xícara.

A mesma NCBI esclarece que o método de preparo é outro aspecto que influencia o resultado. Aliás, o pós-colheita também pode mudar a acidez do café, já que cafés que passaram por processos de fermentação apresentam tipos diferentes de acidez.

café é ácido

Café é ácido ou alcalino?

Então, o café é ácido ou alcalino? Segundo especialistas, para ser considerado alcalino, o pH precisa ser superior a 6,8. Outros pesquisadores defendem que essa avaliação deve ser mais profunda e vir dos rastros deixados pelo alimento no organismo.

Só para ilustrar, os alimentos alcalinos são aqueles mais absorvidos pelo corpo e usados como formas de liberar toxinas do organismo, por exemplo: frutas vermelhas, amêndoas, berinjela, cebola, chás, brócolis, limão, entre outros.

Obviamente, tudo deve fazer parte de uma dieta saudável, o que significa que café, acidez estomacal e problemas de saúde não necessariamente têm ligação. Inclusive, os cafés da Coffee ++ têm acidez equilibrada, grãos 100% arábica e aspectos sensoriais avaliados de acordo com a Specialty Coffee Association.

O equilíbrio do café superespecial

Os cafés superespeciais são cultivados com muito critério, portanto não têm acidez elevada e podem ser apreciados moídos, em grãos, em cápsulas compatíveis com a Nespresso ou em drip coffee. Eles têm acima de 84 pontos e convidam para experiências variadas no paladar construídas em diferentes regiões cafeeiras do Brasil.

Diretamente da região da Chapada de Minas, o produtor Ricardo Tavares entrega um café com notas sensoriais de frutas secas e baunilha. Gabriel Nunes oferece grãos cultivados no terroir do Cerrado Mineiro, com notas que lembram rapadura e doce de marmelo. Na xícara, o resultado é um café muito doce, com base no gosto de chocolate e leveza.

Já Luiz Paulo Pereira, recordista de café mais pontuado do mundo e segundo produtor mais bem avaliado no Cup of Excellence, em 2021, entrega uma bebida com notas de frutas roxas, como goiaba e uva.

Além desses, a Coffee ++ proporciona o Clássico da casa, com notas de chocolate, intensidade equilibrada e muita doçura; e o café Geisha, considerado o Melhor Café do Mundo em 2018.