Desde 1953 • Cafés SuperEspeciais
pintura de café

Pintura com café: a união de duas artes

O café é a principal companhia para mais de 98% dos moradores das casas brasileiras. O sabor da iguaria é tão popular que é quase impossível iniciar o dia sem a companhia de um cafezinho. Porém, você sabia que a experiência com os grãos não param por aí? Foi assim que a pintura com café ganhou fama em todo o mundo.

Pode parecer até estranho à primeira vista, mas o resultado mostra, na folha em branco, como pintar com café é uma técnica de alto nível. O princípio da arte tem muita ligação com os métodos da pintura em aquarela, em que os pigmentos são dissolvidos na água.

Nesse sentido, o café em pó conduz os contornos dos desenhos com café. Entretanto, é importante que o papel escolhido tenha uma gramatura mais elevada (isto é, seja mais grosso). Além disso, o pincel escolhido deve ter diferentes espessuras, que trazem os formatos da obra de arte.

Contudo, não pense que basta colocar o pó na água e iniciar a arte com café sem critério estratégico. Até porque uma das principais características dos grandes artistas é a calmaria que surge em cada detalhe. Desse modo, nada é melhor que um café coado para conduzir todo o processo criativo.

Obra de arte com café

Dito isso, com a xícara na mesa, chegou a hora de iniciar a pintura com café, leveza nas mãos e falta de ansiedade no coração. Agora, acalme os pensamentos, viva essa terapia e acompanhe o processo de evolução de um jeito prazeroso.

Por isso, o ideal para esse momento é direcionar sua atenção para a pintura com a borra do café. Obviamente, os primeiros traços podem não sair da forma como você está imaginando, mas não se desespere. Respire e se inspire.

A construção artística pode ser lenta (ou não). Entretanto, o mais importante é que o aroma do café guie suas conexões e traga equilíbrio para o seu coração. Em relação à intensidade e às paletas de tons marrons, tudo depende da força utilizada pelas suas mãos.

O princípio das cores em aquarela

pintura de café

Assim, analise e pense bastante no desenho que você vai formar no papel e deixe a imaginação chegar, pois ela será a sua forma de materializar as suas principais emoções. Como já disse, a pintura com café é derivada da aquarela, uma forma artística que nasceu na China há mais de 2 mil anos.

Aliás, segundo especialistas, a beleza dos traçados a partir dos pigmentos sempre foi disputada por impérios e realizada por todo o Oriente. Já no Ocidente, apesar de não serem tão antigas, existem pinturas em aquarelas catalogadas na Idade Média, com produções realizadas em papel de pergaminho.

Quanto à pintura com café, os historiadores não registram obras milenares. Contudo, há muitos anos, o movimento realizado com o café em pó ganhou adeptos e fãs por todo mundo. Para exemplificar um pouco disso, criamos uma lista com 3 dos principais nomes do Brasil e de vários lugares do mundo, que fizeram fama com essa arte.

Rafael Galvão

O café sempre foi uma grande paixão para o barista, que também traçou sua caminhada pelos quadros pintados com pó de café. O jeito como ele iniciou o processo foi bem legal, já que a inspiração veio depois que algumas gotas de café caíram sobre o papel em branco. Então, a veia artística pulsou!

Tammie Wales

Ela nasceu no frio do Alasca e escolheu o calor do café como proposta criativa dos trabalhos autorais. A arte de Tammie é potente e traz um incrível jogo de cores a partir do pó de café.

Elena Efremova

A artista russa uniu o amor pelos gatinhos à paixão pelo café. O resultado foi uma série nomeada como “Coffee Cats”, que traz os felinos como protagonistas da sua arte. No desenvolvimento artístico, ela utiliza café preparado em diversos métodos, como expresso e café latte. Tudo para entregar o verdadeiro conceito do café arte.

Café especial: a grande inspiração

Agora que você já passeou um pouco mais sobre a cultura do café, nada é melhor para se inspirar para novos projetos que uma boa caneca de uma das bebidas mais amadas do mundo, certo?

Na Coffee ++, você encontra café especiais 100% arábicas, com doçura natural e aspectos sensoriais potentes. Prova disso são os grãos cultivados por produtores campeões de qualidade do café que trabalham com processo de cultivo e pós-colheita detalhados e criteriosos a cada etapa.

Tanto é que todos os nossos cafés são acima de 84 pontos e apresentam notas sensoriais que trazem formas diferentes, como flores de jasmim, doce de marmelo, chocolate, frutas vermelhas, cítricas, secas, por exemplo. Tudo isso nas versões grão, moído, drip coffee e cápsulas compatíveis com a Nespresso. Experimente!