Desde 1953 • Cafés SuperEspeciais
o que é café solúvel

O que é café solúvel? Saiba sobre a origem

O preparo é rápido e as “pedrinhas” oferecidas resultam em um café instantâneo, em poucos minutos. Alguns amam, enquanto outros torcem o nariz para a bebida. Porém, a intenção aqui não é cultivar pré-julgamentos, mas sim explicar o que é café solúvel.

Então, antes de mais nada, é importante falar sobre a criação dessa invenção que, em 1771, revolucionou o jeito de fazer café. Tudo se iniciou na Grã-Bretanha, com o nome de batismo de “composto de café”. Contudo, nesse nascimento, a solução não conquistou popularidade, já que a fórmula não agradou a muitos paladares.

Até que o café solúvel chegou à América, em 1851, e desbravou espaço. A projeção ocorreu durante a Guerra Civil dos Estados Unidos, que durou de 1861 a 1865. Dessa forma, o consumo do “composto de café” pelos soldados que buscavam energia ajudou a divulgação da bebida.

Contudo, a bebida ainda não tinha conquistado um sabor agradável. Assim, um químico americano entrou na jogada e, definitivamente, criou o primeiro café em pó solúvel patenteado, em 1903. Satori Kato era de Chicago e trabalhou na reformulação da proposta, que mostrava potencial de atuação nesse período.

O que é café solúvel?

O consumo crescente chamou atenção dos gigantes, como Louis Dapples, presidente da Nestlé. Porém, o mercado cafeeiro do Brasil vivia uma grave crise, em que a produção era muito maior que o consumo. Aliás, foi por isso que o Estado realizou a gigantesca fogueira no Porto de Santos, com toneladas de café excedente no país.

A visão de Louis foi extraordinária. Imediatamente, ele pediu ao químico da empresa, Max Morgenthaler, para criar uma proposta. Nesse contexto, por volta de 1937, o químico apresentou a evolução do “café composto” com o processo simplificado e sabor mais agradável.

Enfim, a praticidade de preparo ganhou o mundo com a solução da Nestlé, que mostrou ao mundo o que é café solúvel. Primeiramente, foi para a Suíça, com números gigantescos de consumo em toda a Europa. Em seguida, os Estados Unidos se renderam à inovação, por influência do consumo de soldados durante a Segunda Guerra Mundial.

O café solúvel no Brasil

No Brasil, a Nestlé abriu mercado em 1983. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Cafés Solúveis (ABICS), o giro econômico se iniciou em 1960. Foi nesse período que empresários investiram no setor, bem como houve esforços para instalar fábricas de produção e mostrar ao mercado o que significa café solúvel.

Desde então, o Brasil, o maior produtor de café do mundo, tornou-se também o líder mundial na produção e na exportação de café solúvel. Apesar da atuação de décadas, muitas pessoas ainda têm dúvida sobre o que é café solúvel.

Em resumo, de acordo com a ABICS, o método de como é feito o café solúvel consiste na mistura de duas variedades de café: Arábica e Robusta/Conilon. Na fabricação, há a desidratação do café torrado, porém sem o uso de aditivos ou conservantes.

Como fazer café solúvel

o que é café solúvel

Além disso, existem etapas determinadas de como fazer café solúvel a partir da mistura de água e café. Isso ocorre por ações tecnológicas que integram todas elas, conforme as regras da ABICS.

Etapa 1: Spray Dried

Para o processo de fabricação do café solúvel, um dos pontos primários é levar o extrato do café torrado até altas temperaturas. A partir daí, o processo de geração da solução é iniciado. Depois, em busca de retirar a umidade do pó e criar as “pedrinhas”, a composição é exposta ao ar quente. Assim, nasce o pó.

Etapa 2: Aglomerado

No caso do “café spray dried” o pó é colocado junto ao vapor a partir de um equipamento bem tecnológico. Dessa forma, o café solúvel é criado de um jeito bem simples de disolver na água.

Etapa 3: Freeze Dried / Liofilizado

Nesse caso, o extrato de café é levado à baixa temperatura. Na verdade, ele é congelado a -40º e depois é moído. Em seguida, ele seca em uma máquina que realiza o processo a vácuo e o produto vai de sólido para gasoso. Pronto, o extrato é desidratado e está pronto para consumo.

Praticidade e café especial

Porém, se você quiser unir a proposta de praticidade à vivência sensorial do café especial acima de 84 pontos, o drip coffee é a solução. O método de café em sachê é a opção de coado direto na xícara e fica pronto em minutos.

Os nossos cafés são 100% arábica. Isso significa que eles têm doçura natural, acidez equilibrada e notas sensoriais potencializadas pelo produtor. Tudo isso é feito com muito trabalho, experimentos e pensamentos especiais.