Desde 1953 • Cafés SuperEspeciais

Heranças (bem-vindas) do Catuaí e Mundo

Made in Minas. Entre as montanhas de Minas Gerais, a variedade Topázio nasceu (e foi lançada) a partir do cruzamento com os cafés Catuaí Amarelo e Mundo Novo. O processo veio com a assinatura do importante Instituto Agronômico de Campinas (IAC), iniciado no ano de 1960.

O tamanho mais baixo facilita o cultivo. Até por isso, a produtividade surge como um dos pontos mais característico da planta. A maturação aparece como outro destaque, já que a uniformidade facilita demais o momento da colheita, com entrega de cafés muito potentes.

Os frutinhos são amarelos e as folhas, quando novas, têm a tonalidade bronze-escuro — fator com diferenciação genética em relação ao Catuaí, que apresenta brotos verdes. 

Para o cultivo, o ideal é estabelecer no plantio espaçamento intermediários, já que aqueles mais estreitos mostram baixa produtividade da planta, além de uniformidade tardia