Desde 1953 • Cafés SuperEspeciais
café mancha os dentes

Café mancha os dentes? Entenda aqui os processos!

Ao longo da história, o sorriso foi inspiração de poetas e compositores, até porque ele é um fio condutor histórico e um motivo de acolhimento. Esse fio é uma ótima representação da sensação provocada por uma xícara de café, mas o café mancha os dentes?

Essa pergunta gera dúvidas recorrentes em muitas pessoas, já que a busca pelo sorriso branquinho se tornou uma necessidade dos tempos modernos. O café escurece os dentes ou não? Para entender isso, buscamos a opinião de especialistas da odontologia, que pontuaram algumas questões gerais.

O que amarela os dentes?

Em primeiro lugar, é importante entender que a coloração amarelada dos dentes depende de um processo, muitas vezes, natural. Isso tem muito a ver com o envelhecimento da dentição e, obviamente, dos cuidados com a saúde dental.

Sendo assim, aquela história, ensinada ainda na época da escola, de escovar os dentes três vezes ao dia, usar fio dental e visitar regularmente o dentista precisa ser levada a sério. Contudo, o consumo de alimentos com pigmentação pode afetar diretamente a coloração dos dentes.

Conheçam os alimentos amarelam os dentes

Esses alimentos são conhecidos como cromogênicos, já que liberam alguns pigmentos que podem afetar a coloração dos dentes. Entre eles, estão açaí, beterraba, chá, limão, molho shoyu, refrigerantes à base de cola, molhos de tomates industrializados, suco de uva, vinho e café.

A lista é extensa, mas não significa que o consumo tem relação direta com a mudança da tonalidade dos dentes. Sendo assim, a ideia de que café amarela os dentes não é uma verdade absoluta. Porém, de acordo com especialistas, o consumo excessivo de café pode causar sensibilidade nos dentes.

Isso acontece porque o pH do café é menor em comparação com o da boca. Na prática, é como se, com o tempo, a bebida provocasse um desgaste na superfície do esmalte dos dentes.

Café prejudica os dentes?

Por isso, aos primeiros sinais de sensibilidade, é fundamental escutar a opinião do dentista. Até porque o café prejudica os dentes de pessoas que não têm o cuidado necessário. Entretanto, para aqueles que estão incomodados com o fato dos dentes estarem mais escuros, a solução é simples e rápida.

Hoje em dia, o clareamento pode ser feito em diferentes níveis, como no consultório ou em casa. O procedimento usa aditivos químicos como agente clareador para o branqueamento dental. Nesse período, é ideal evitar os alimentos cromogênicos.

Além disso, existem formas de prevenção diária que podem contribuir (muito) para a claridade do sorriso. Profissionais alertam que a grande maioria das manchas nos dentes até pode sair por meio de uma boa escovação para tirar mancha de café dos dentes.

Como manter os dentes brancos?

café mancha os dentes
  • Logo após tomar café, use um enxaguante bucal.
  • Tome sucos e refrigerantes de canudinho.
  • Coma maçã, pois ela ajuda a neutralizar o pH e acentua a formação da saliva.
  • Beba bastante água.
  • Escove os dentes com cuidado.
  • Após o consumo do cafezinho, bocheche água. Isso ajuda a restabelecer a produção de saliva e evitar a mancha de café no dente.
  • Beba café sem açúcar, pois isso vai amenizar as possibilidades de desenvolvimento de cárie dentária.

Como tomar café sem açúcar e prevenir cárie?

A solução é muito simples: para ter a bebida sem o dissabor amargo, é preciso direcionar sua escolha aos grãos de qualidade. Nesse caso, os cafés especiais acima de 84 pontos são os mais indicados.

Na Coffee ++, todos os cafés têm essa pontuação, que surge a partir de critérios de avaliação internacional guiados pela Specialty Coffee Association (SCA). Na prática isso significa que a bebida apresenta grau elevado de doçura natural, sem a necessidade de açúcar ou outros aditivos.

Além disso, os cafés têm aspectos sensoriais diferenciados que mostram notas que lembram doce de marmelo, rapadura, frutas vermelhas, mel, amora, jabuticaba, frutas secas, flores de jasmim, entre outras.

Café especial sem açúcar do Cerrado Mineiro

Tudo isso com o critério de plantio de campeões de qualidade pelo Cup of Excellence, principal concurso para produtores do mundo. Diretamente do Cerrado Mineiro, por exemplo, o café produzido pelo Gabriel Nunes entrega notas de frutas amarelas e doce de marmelo.

Na Fazenda Bon Jardim, Gabriel realiza um plantio criterioso focado no pós-colheita profissionalizado, com excelentes técnicas de fermentação. As experiências fizeram ele ser escolhido o campeão brasileiro de qualidade em 2017 e ganhar reconhecimento em todo mundo do café.

Por aqui, você encontra esse café nas versões drip coffee, grãos, moído e cápsulas compatíveis com a máquina Nespresso. Experimente, sinta cada nota sensorial e a alegria de apreciar um café sem açúcar.