Veja quais são os 5 cafés mais caros do mundo

Produzido na Tailândia. Passa pelo sistema digestivo de elefantes, onde é fermentado. Após sair pelas fezes do animal, o grão é higienizado e torrado, resultando em uma bebida com notas de chocolate, pimenta e ervas.

1. Marfim Negro  R$ 11 mil/kg

Originado na Indonésia, o Kopi Luwak passa pelo sistema digestivo dos civetas, onde acontece a fermentação natural. Depois de higienizado e torrado, o resultado é uma bebida com notas de frutas vermelhas e rosas.

2. Kopi Luwak:  R$ 6,6 mil/kg

Produzido no Brasil, o grão recebe esse nome porque também é ingerido por um animal: o jacu. No sistema digestivo do pássaro, a cereja absorve ácidos e enzimas, aperfeiçoando o seu sabor, que conta com notas de jasmim.

3. Café Jacu R$ 6,5 mil/kg

O Geisha é um dos grãos mais valiosos, enquanto a Hacienda La Esmeralda, no Panamá, é uma das fazendas mais premiadas. A bebida apresenta aroma floral, com notas doces e frutadas.

4. Geisha Special Hacienda La Esmeralda R$ 2,3 mil/kg

Produzido na ilha que pertencia a Napoleão Bonaparte, no meio do Oceano Atlântico, o café apresenta características únicas. O preço alto é justificado pela logística complicada para o seu transporte, já que a ilha é isolada.

5. Café de Santa Helena R$ 1,6 mil/kg

Ficou com vontade de experimentar um café especial e muito saboroso sem pagar uma fortuna? Na Coffee++, você encontra!

Cafés especiais no Brasil